Prada é acusada de racismo e retira produtos de circulação


website translator plugin

Depois da polêmica da Dolce & Gabbana, mais um caso sério veio à tona no mundo da moda.

Nas últimas semanas, a Prada lançou a coleção Pradamalia, com chaveiros em formato de personagens divertidos. O problema é que o boneco chamado Otto levantou questionamentos na internet, pois é uma espécie de macaco feito em madeira escura com lábios vermelhos avantajados.

Alguns usuários nas redes sociais acusaram a marca italiana de racismo, pois a representação lembra muito o personagem Little Sambo, uma caricatura de um negro feita décadas atrás.

Ao ver toda a má repercussão, a Prada pediu desculpas através de suas redes sociais, afirmando que nunca teve a intenção e ofender alguém e que abomina qualquer atitude racista. Todos os produtos com o personagem serão removidos das lojas.