Glossário de Moda


website translator plugin

ESTILO BOHO-ÉTNICO: é, na verdade, uma mistura de vários estilos. Junte o hippie, o étnico, o boêmio, o folk, o vintage, o punk, o romântico e então você tem um look despojado propositalmente. É um estilo com bastante atitude, que leva bastante em conta o conforto. Nos elementos principais do boho, podemos citar peças com tecidos fluidos, saias longas, túnicas, batas, vestidos esvoaçantes, calças boca-de-sino e shorts com cintura alta. Nos pés, botinhas tipo cowboy e rasteirinhas. Crochê, couro marrom, camurça e renda marcam presença nos looks. Nos acessórios, cintos largos, colares compridos, anéis grandes e bolsas de franjas. Tudo com algum bordado ou miçangas, penas e pedras. 

Como Usar: Estilo Boho


BOJOS PUSH-UP: 
bojos para biquínis modelos tomara-que-caia, que vem com modelagem moderna.





CROPPED TOP: é uma camiseta ou blusa mais curta, que parece ter sido cortada ou roubada da irmã mais nova. Mas a intenção não é mostrar o umbigo, por isso, use-as com shorts ou saias de cintura alta. A parte de baixo pode ser de alfaiataria ou de tecido molinho, só depende da blusa que escolher.





CLUTCH: bolsa-carteira (ou clutch) é uma bolsa de mão, pequena, onde dá para carregar apenas o essencial, como chaves, celular, batom, documentos e cartão de crédito (às vezes, nem isso!). Antes, era usada para eventos mais especiais, noturnos, junto com vestidos chiques. Hoje sabemos que não é mais assim. As carteiras ganharam as ruas até de dia em roupas mais casuais.





BOLSAS MULBERRY: As itgirls tem o poder de transformar um acessório em objeto de desejo, isso geralmente acontece com as bolsas que elas usam, as itbags. Essas bolsas viram sonho de consumo de muita gente e nunca escapam de cópias. A Mulberry se encaixa nesse perfil e se tornou uma das marcas de bolsas mais desejadas pelas “fashionistas” de plantão. O estilo de bolsas da Mulberry valoriza muito o look, deixa menos óbvio, sabe? Essa onda de bolsas recheadas de tachinhas passou um pouco e agora o que está em alta é bolsa com couro em cor mais clara, mais natural. A vantagem dessas bolsas também é o tamanho, que é médio, e cabe tudo o que precisamos, nada mais. Elas são super versáteis e muito fáceis de combinar. 



SAIAS LÁPIS: costumam ser midi, ou seja, ficam abaixo do joelho. Mas há também modelos que ficam levemente acima dele! Elas são justas e desenham os quadris, o bumbum e as pernas. Podem ser usadas com camisa e até camiseta, para um ar mais descontraído. O salto alto é o melhor amigo das saias lápis, pois ajuda a alongar o corpo. Deixam a mulher chique e bem poderosa! Mas estamos vendo muitas sendo usadas com tênis.

OUTRAS SAIAS: Existem vários tipos: skater, que é bem aberta e sem pregas; evasê, com abertura moderada e pregas soltas; e godê, com abertura grande e pregas bem aparentes. Ah, isso sem falar nas plissadas, com pregas bem marcadas! Todas ficam boas com camisas, blusas e camisetas, com sapatilha (para um ar feminino) ou salto alto.







BANDAGE: é uma palavra em inglês que quer dizer atadura. As saias e vestidos desse estilo são justos e dão a impressão de que fomos enroladas com tiras de ataduras. Não é uma peça fácil de usar. É super fácil combinar, mas depende muito do corpo para ficar bem ou não porque o bandage acompanha as curvas da mulher.



bandage007


TÊNIS SLIP-ON: não tem cadarços e é só ~deslizar~ o pé para dentro para calçá-lo. Eles também são conhecidos como iates. O modelo era febre nos anos 80 entre os skatistas e, depois, conquistou velejadores e iatistas (deve ser por isso o nome alternativo de “iate”). Além de bastante confortável, é fácil de calçar.


tenis-slip-on-007


SLLIPPERS: para usar esse tipo de sapato, leve em conta que ele se parece muito com sapatilha. Assim, você não fica tão presa na hora de escolher uma roupa para combinar. O modelo é muitas vezes confundido com mocassim, mas a diferença está na parte de cima. No slipper, ela é muito mais simples e sem costuras, ao contrário do mocassim.


Como Usar: Slippers



SNEAKER COM SALTO: com um estilo que parece ter saído diretamente da moda skater, os tênis conquistaram bastante gente por serem confortáveis, mas, ainda assim, possuírem um saltinho plataforma interno


Como Usar: Tênis com Salto (estilo Isabel Marant)


CAMBRIDGE SATCHEL: essa bolsa só vem para confirmar a tendência das satchels, bolsas tipo pasta escolar. E a parte mais legal é que a marca vestiu mesmo a camisa do color blocking. Além das cores usuais: preto, marrom, vinho, a Cambridge criou uma coleção com bolsas nas cores flúor, que também fazem o maior sucesso. Adoro esse ar retrô com um toque de modernidade!



ALPARGATAS: o que nós chamamos de alpargatas são, na verdade, espadrilhas sem salto. O nome alpargatas vem da empresa que fabricava esse tipo de calçado desde o início dos anos 1900 aqui no Brasil. O nome disso é metonímia, trocar o nome do produto pelo da marca – fazemos isso muito com Bombril (palha de aço)Toddy ou Nescau (achocolatado em pó)Durex (fita adesiva) e assim por diante.

Como Usar: Alpargatas

FLATFORM: Ela já deu pinta nas passarelas, nos cliques de street style e, sim, vai invadir o seu armário. Essa sandália plataforma com a base reta, pode até ser polêmica (há quem ame, há quem odeie), mas que ela é O sapato da temporada não dá pra negar!

PANTACOURT: também conhecida como pantalona curta ou bermudão, é a mais nova tendência, e por ter um comprimento midi (nem curto e nem comprido), a maioria das pessoas torce o nariz. Quem gosta de estar na moda, mas também se preocupa com o efeito das roupas na silhueta, deve pesquisar antes de usar e conferir os truques para favorecer o corpo.



STRAPPY BRA: é um sutiã com tiras em várias posições na área do colo ou nas costas que criam desenhos geométricos no corpo. Ele podem ser grossas ou bem fininhas e fazem a peça se tornar estrela do look onde é incorporado.


SLIP DRESS: com ar de camisola de luxo, o vestido de alças bem finas inspirado no vestuário das francesas dos anos 40 está pronto para invadir as ruas. 


SAIBA MAIS: