<

Chanel Cruise é inspirada no mundo navy

 Nesta quinta-feira, 3, Chanel apresentou a coleção cruise 2018/2019, no Grand Palais, em Paris. Além de ter um navio na cenografia, a coleção La Pausa chamou atenção para a passarela com algumas peças dos anos 2000.

O desfile, que acontece uma vez por ano sempre entre os shows de prêt-a-porter e alta-costura, costuma ser em lugares paradisíacos. Depois de Cuba, Coréia, e Dubai, o desejo do diretor criativo da maison era apresentar suas peças em um cruzeiro em alto mar. Como não encontrou nenhum que fosse perfeito para a sua ideia, resolveu criar seu próprio navio em pleno Grand Palai

 Na passarela, listrados em tons pastel, vestidos fluidos azuis e brancos, peças cobertas por capas de plástico transparente, jeans destroyed e calças cropped dois dedos abaixo dos joelhos. Como sempre, os tweeds estavam presentes. Casaquinhos xadrezes tinham uma pegada leve, num clima mais verão.Os acessórios, em sua maioria brancos, brilharam. Boinas, bolsas (de médias para pequenas) e sapatos elevaram a majestade da cor. Destaque para os Mary Janes, tênis tratorados e boinas, que devem virar hit das próximas estações.

Destaque para os sapatos prateados, clássicos atemporais que qualquer mulher gostaria de ter no seu guarda-roupa – seja no verão ou no inverno brasileiro. A meia calça branca apareceu como um truque interessante de styling, dando um clima vintage com ares de anos 80 para o desfile, enquanto as peças em cashmere da casa escocesa Barrie (parte dos 23 ateliers do Métiers d’Art da Chanel) vieram mais leves. Aplausos para Karl Lagerfeld, que encerrou o desfile do topo do La Pausa trazendo ao seu lado pela primeira vez Virgine Viard, diretora do Estúdio Chanel.